Guia prático para criar um mood board

postado em: Life Decor, Lifestyle | 0

Um mood board nada mais é que um painel de inspirações, incluindo paleta de cores, experiências e referências que têm a finalidade de guiar um projeto. Esse projeto pode ser a decoração de um cômodo, de uma festa, um novo estilo de vida, um conjunto de motivações pessoais, etc. O conceito de mood board é aplicado em diferentes propostas e seu objetivo é o mesmo: tornar clara a ideia inicial e fazer com que esses diversos fragmentos misturados resultem em um projeto harmônico no final.

Para o desenvolvimento desse mood board, não há segredo: basta reunir detalhes do que inspirou a proposta. Isso pode ser feito tanto de forma digital com uma colagem de imagens, como pode ser algo físico, um mural com diferentes recortes e materiais que deem textura e cor à composição. Continue a leitura para aprender como montar seu próprio painel de inspirações para um próximo décor da sua casa!

Mood Board

Foco no projeto: coleção de referências

Quando se pensa na decoração de um cômodo, as inspirações originais para aquele conjunto de objetos, cores e sensações pode ir muito além do universo do mobiliário. Para que a composição fuja do comum e apresente elementos que traduzam suas ideias e personalidade, vale pensar em diferentes partes do mundo, em culturas distintas, em estilos da moda, em autores, escritores, ícones da arte, estéticas e linguagens. Enfim, crie um mix!

Essa reunião de referências torna mais complexa a ideia inicial do décor e permite que o conjunto seja mais elaborado, tenha detalhes únicos e transpareça toda autenticidade do projeto. É em seu mood board que devem entrar as peças desse quebra-cabeça de experiências, cada uma delas guiando o todo: tecidos, padronagens, cores, croquis, aviamentos e lembranças.

Mood Board

Mood Board

Tipos de painel: digital ou físico

Se a temática já está bem clara em sua mente, a hora é partir para a coleção de referências. Procure o meio que inspire mais liberdade e fluidez para você. O digital permite navegar pela web e buscar imagens de todos os cantos imagináveis. Já o mural físico dá a chance de tocar em texturas, trazer volume, peças, arte, plantas e até mesmo aromas. Cada uma das plataformas torna o mood board atrativo em um aspecto. Sinta qual delas se encaixa melhor com sua coletânea de informações e parta para a criação!

Mood Board

Mood Board

Versatilidade e funcionalidade

Os mood boards são usados nas mais diferentes esferas criativas. Da elaboração de cenários e fotografia de produções cinematográficas, a composições de estilo pessoal de um guarda-roupa, passando pela definição da linguagem de um cômodo. Esse painel precisa contar facilmente a história de qualquer que seja a proposta. Seus elementos são um resumo do que virá pela frente e tornam simples a leitura tanto para seu criador como para quem verá o projeto pela primeira vez.

Mood Board

Aqui na GP Life Decor usamos todo ano esse recurso na criação das nossas coleções.

Inspire-se nesse exercício criativo para sua nova empreitada em casa e também usufrua desse hábito para apresentar seus desejos a profissionais e fornecedores da área. Mãos à obra?!

Mood Board

Mood Board

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *