Como fica a sua casa com a chegada do pet?

Saiba como transformar seu lar em um verdadeiro espaço pet friendly com as nossas dicas abaixo

SkinConta para a gente, quem é realmente o dono da sua casa, você ou o seu pet? Se você respondeu seu pet, saiba que não esta sozinho nessa. Segundo a pesquisa Radar Pet 2021, realizada pela Comissão de Animais de Companhia (Comac), somente durante a pandemia, o número de pets aumentou em 30% nos lares brasileiros já que ao passarem mais tempo em casa, muitos brasileiros encontraram nos pets uma forma de driblar a solidão. A permanência em home office, mesmo após o fim da pandemia, também possibilitou ainda mais a aproximação com os bichinhos.

Se você é um desses sortudos que ganhou uma nova companhia nos últimos tempos, é importante saber que os ambientes da casa devem ser devidamente adaptados para receber os novos moradores, por isso fizemos uma listinha com algumas dicas de segurança e bem estar, para que você possa se preparar.


Tecidos

Procure usar uma linha Pet Friendly, ou seja, de tecidos que sejam repelentes a líquidos e construídos com trama extremamente fechada que não permita que os fios se levantem ou alterem quando o animalzinho anda ou deita sobre o tecido. Sua durabilidade tem como característica ser até 100x mais resistente que os tecidos comuns.

Outra dica importante é na hora de escolher as cores, opte por tonalidades semelhantes às da pelagem do seu animal ou que sejam estampados, que são ótimos para disfarçar os pelos e possíveis manchas.

Pet


Tapetes

Escolha materiais resistentes e fáceis de limpar, uma dica interessante é escolher tapetes de pelo curto ou material sintético fáceis de serem higienizados e, de preferência, que sejam impermeáveis.


Piso

Adote um modelo antiderrapante para que o pet não escorregue. Uma das melhores opções no mercado, para a area interna, são os tipos vinílicos que são confortáveis para as patinhas dos animais e de fácil limpeza, além disso são resistentes a arranhões e reduzem os barulhos que os animais podem fazer, assim, eles podem brincar e correr à vontade.

Segundo a arquiteta Julia Guadix do Studio Guadix, para a área externa são recomendáveis pisos antiderrapantes, tais como, pedra, piso ABS, grama natural, grama sintética (desde que a drenagem seja bem instalada).


Cuidados com o Ambiente

Fique atento a pequenos objetos e peças pontiagudas, que podem ser facilmente ingeridos ou machucar o seu bicho de estimação. Fiações expostas são também um grande perigo pelo risco de choque.

Produtos de limpeza devem ficar em locais mais altos e de difícil acesso, assim como algumas espécies de plantas que podem causar intoxicações. A arquiteta Julia compartilhou um link com algumas espécies tóxicas que devem passar longe de uma casa com pets:  http://site.amigonaosecompra.com.br/animais-e-plantas-os-cuidados-que-voce-deve-tomar/

No tema segurança: “Para quem tem gatos, rede de proteção é fundamental! Inclusive em janelas altas, como as de banheiro. Gatinhos são muito ninjas! Aliás, não só para gatos, varandas com guarda corpo vazado e janelas com peitoril baixo também podem ser perigosas para os cachorros”, pondera Julia

pet


Ambiente limpo

A limpeza da casa também é uma preocupação constante, por isso, é importante fazer uma faxina profunda com aspirador de pó, para manter a casa sempre higienizada, cheirosa e livre de pelos.